Conheça as principais bombas, instrumentos e válvulas utilizados na indústria de cana e álcool

Foto planta de grande porte de biocombustível

BOMBAS CENTRÍFUGAS

As bombas centrífugas podem ser utilizadas nos seus mais variados processos e operações unitárias no setor de cana e álcool.

Bombas centrífugas de rotor semiaberto

O modelos de rotor semiaberto são mais adequados para aplicações de recalque dos mais variados tipos de fluidos. Nas usinas de açucar e álcool podem ser utilizadas no bombeamento dos seguintes cadeias produtivas, conforme a fase do processo:

Extração do caldo

  • Caldo primário
  • Caldo secundário

Fabricação de álcool

  • Mosto
  • Vinho
  • Creme de levedura
  • Vinhaça
  • Flegma
  • Álcool anidro
  • Álcool hidratado
  • Álcool neutro

Fabricação de açucar

  • Xarope

Tratamento de água

  • Águas industriais

Bombas centrífugas vortex

Os modelos vortex são bombas cujo rotor induz um vórtice na voluta, portanto o meio bombeado não passa através das pás do rotor, isto facilita a passagem de fluidos com sólidos em suspensão. São utilizadas no bombeamento dos seguintes fluidos:

Extração do caldo

  • Caldo de cana com bagacilho

Tratamento do caldo

  • Caldo flotado
  • Lodo concentrado
  • Leite de cal

BOMBAS DOSADORAS

São basicamente bombas alternativas de acionamento mecânico, com elemento bombeador constituído por um pistão ou diafragma, o fluxo é pulsante, mas pode ser contínuo utilizando amortecedores de pulsação nas tubulações. Nas Usinas de Açúcar e Álcool podem ser usadas para dosar os produtos listados nas seguintes operações:

Tratamento do caldo

  • Floculante
  • Descolorante
  • Polímero
  • Ácido fosfórico
  • Auxiliar filtrante
  • Antiespumante
  • Antiencrustante

Tratamento de água

  • Hipoclorito de sódio
  • Sulfato de alumínio
  • Soda cáustica para água de caldeira

Fabricação de álcool

  • Ácido sulfúrico

BOMBAS DE VÁCUO

São bombas que geram vácuo por ação de um anel líquido de água, impulsionado por um rotor. Devido a este tipo de concepção, dispensam o uso de palhetas e lubrificação a óleo, minimizando a contaminação das diversas correntes geradas nos processos de fabricação. Podem ser utilizadas para fazer vácuo nos seguintes processos:

Filtração a vácuo para lodo de caldo de cana

  • Filtro rotativo: Tambor Rotativo + Coletor de Filtrado + Bomba de Filtrado + Condensador Barométrico + Bomba de Vácuo.
    O produto é a torta de lodo, que pode ser usada como fertilizante.
  • Filtro de Esteira: Esteira + Coletor de Filtrado + Bomba de Filtrado + Bomba de Vácuo
    O produto é também torta de lodo.

Evaporação a Vácuo

  • Compressor de anel Líquido: Usado para injeção de CO2 no Vaso de Carbonatação. Mesmo princípio da bomba de vácuo, só que usada como compressor.
  • Bomba de Vácuo: Produz vácuo nos evapores de caldo, múltiplo efeito. É feito vácuo através do condensador barométrico de topo, para o processamento do caldo tratado.
    O produto final é o Xarope.

Cozimento a Vácuo

  • Cozimento do Xarope, feito a vácuo através de bomba de anel líquido aspirando os vapores diretamente do Condensador Barométrico, conectado no topo dos Cozedores. O produto final passa pelos cristalizadores, dando origem ao açúcar cristal.

Fabricação de Álcool

  • Envolve Colunas de Destilação interligadas, no fundo da última coluna é recolhido o Álcool Anidro e através de um condensador de topo é produzido vácuo por meio de uma bomba de vácuo de anel líquido. O condensado é coletado em um tanque e bombeado em separado.

SOPRADORES TIPO “ROOTS”

São basicamente sopradores rotativos de deslocamento positivo, o ar é impulsionado por lóbulos que giram, formando câmaras de compressão. Podem ser fornecidos com cabine acústica. No setor sucroalcooleiro são empregados nas seguintes operações:

  • Transporte pneumático de bagacilho para caldeira.
  • Aeração no Tratamento de Efluentes
  • Aeração no tratamento de água

VÁLVULAS DE DIAFRAGMA TUBULAR

Basicamente são válvulas que controlam o fluxo de um fluido em uma tubulação pela simples ação de comprimir ou descomprimir um diafragma tubular flexível, denominado mangote. O mangote é geralmente fabricado em borracha natural ou sintética. A principal vantagem é não ter componentes metálicos em contato com o fluido, garantindo vida útil aos componentes do mecanismo de restrição. Como vantagens adicionais pode-se citar o fechamento total, mesmo quando pedaços de materiais sólidos são apanhados pela válvula. Outra vantagem está no fato da passagem total isenta de perda de carga, quando o sistema assim exigir. São aplicadas no controle de fluxo de processos tais como:

  • Transporte de água com cinzas, provenientes de lavadores de gases
  • Escoamento de fluidos com sólidos em suspensão flotados
  • Correntes com teores de fibra significativos
  • Transferência dos efluentes fluidos com razoável teor de sólidos em estações de tratamento de água e efluentes

DIAGRAMA DE APLICAÇÕES E EQUIPAMENTOS UTILIZADOS EM UMA USINA DE AÇUCAR

Diagrama de aplicações de uma usina de cana

A OMEL possui uma linha completa de bombas, instrumentação e válvulas para o setor de cana e álcool

Bombas centrífugas

Bombas de vácuo

Bombas dosadoras

Sopradores

Válvulas de mangote

Rotâmetros

Converse agora com nossa equipe!

Clique no botão CHAT ONLINE no canto da tela e tenha um especialista à sua disposição para atende-lo sobre os detalhes da sua aplicação.