Válvula de mangote OMEL – A tecnologia da simplicidade

Válvula de mangote normal e com redutor

Princípio de funcionamento

Quando estão totalmente abertas, as válvulas de mangote se comportam como uma seção reta de tubo. Uma abertura total de 100% do diâmetro do tubo permite um alto fluxo de admissão e uma queda mínima de pressão.

Diagrama de abertura e fechamento de uma vávula de mangote

Desta forma, objetos grandes não pontiagudos podem passar através de uma válvula de mangote. Mas, quando fechadas, as válvulas de mangote são projetadas para apertarem com força e para fazerem uma vedação hermética ao redor dos objetos sólidos aprisionados.

Principio de funcionamento da válvula de mangote NT

Principais aplicações

Devido à excelente resistência física e química dos elastômeros utilizados na fabricação do seu diafragma tubular, a válvula de mangote é especialmente indicada para uso em controle de fluidos abrasivos e corrosivos tais como, efluentes, lamas químicas, rejeitos, águas servidas e carregadas de detritos (esgotos), minérios em flotação, slurries, granéis, insumos químicos, etc…

  • Estações de tratamento de águas e esgotos
  • Sistemas de transporte pneumáticos
  • Silos e sistemas de silagem com vários silos individuais
  • Indústria cerâmica
  • Indústria de mineração e de construção subterrânea
  • Indústria de materiais de cimento, cal e outros produtos a granel
  • Fábricas de vidro e transformação de vidro
  • Projetos de engenharia do ambiente e engenharia de processos

Aplicações em Mineração

O processo de extração é realizado por maquinários que realizam a moagem, separação (sólidos/líquidos), sedimentação e finalmente o transporte. É nessa etapa que as válvulas de mangote são utilizadas no controle da estanqueidade e do fluxo gradativo da polpa de minério que é transportada através de dutos.

Válvula mangote NT aplicação em mineração

Válvula de mangote NT aplicada em mineração

Essa polpa contém partículas e resíduos lamacentos e se move através das tubulações e das válvulas de mangote com pressão e velocidade elevadas e a temperaturas que podem atingir até 90ºC.

O controle da entrada da água de esgoto em usinas de tratamento de esgotos pode representar um sério problema de válvulas com orifício de admissão pequenos que detém entulho e resíduos de porte. Assim, objetos encontrados no escoamento típico de água de rua tendem a se acumular dentro das válvulas provocando um estrangulamento do fluxo, entupimentos, que por sua vez, ocasionam falhas no processo. Igualmente, o material fibroso encontrado no sistema de captação e de esgoto pode girar, enrolar-se e, finalmente, entupir válvulas com eixos, com discos expostos, gavetas, e no mecanismo de admissão.

As válvulas de mangote são projetadas e utilizadas para atenuar esse problema.

Válvulas de mangote NT corpo fechado aplicadas em usina de mineração

Aplicação em usina de mineração

Principais vantagens da válvula de mangote

  • Passagem totalmente livre, quando aberta, sem obstruções.
  • Perda de carga praticamente “zero” quando aberta.
  • Fechamento positivo, mesmo sobre sólidos; não passa nada pelo ponto de estrangulamento.
  • A válvula possui somente um componente de desgaste, o mangote ou diafragma tubular, que é substituído de forma simples e rápida.
  • Longa duração do mangote sob severas condições de trabalho.
  • Ausência total de gavetas.
  • Nenhuma parte mecânica, a exceção do mangote/diafragma tubular, entra em contato com o material/produto controlado pela válvula. Todas as peças mecânicas são isoladas do processo pelo mangote/diafragma tubular.
  • São ideais para serem usadas para abrir, fechar e controlar o estrangulamento em tubos de grande diâmetro.
  • O eixo não emperra nem se congela; quando do acionamento, o mesmo começará a funcionar com o mesmo torque, mesmo que a válvula não tenha sido usada durante meses.

Válvula mangote NT com redutor

Válvula de mangote NT com redutor

As válvulas OMEL de bitolas grandes, acima de 10”, são dotadas de redutor mecânico, que facilita o acionamento pelo operador, ao aliviar o torque que poderia ser necessário nos casos em que as tubulações estejam preenchidas de fluidos.

Válvulas disponíveis com redutor:

  • Bitolas 18″, 20″ e 24″
  • Opcional para bitola 16″ (AP ou BP)
  • Modelo NT baixa pressão (NT/AP) com redutor é limitado a 16″

As válvulas de mangote OMEL, são fundidas em todas as dimensões e diâmetros. Não entortam, não torcem, não desalinham em função da pressão ou do fechamento/operação, como acontece com válvulas de mangote fabricadas com chapa soldada.

As válvulas de mangote OMEL têm-se mostrado eficientes em termos de custos, em aplicação onde o saibro, a areia, a lama, minérios e o cascalho têm custado muito com outras válvulas de outro tipo.

Válvula de mangote NT com acionamento pneumático

Válvula de mangote NT com sistema de acionamento pneumático

A importância de selecionar corretamente o modelo e materiais da válvula de mangote

A seleção da válvula de mangote é sempre realizada em função da temperatura do fluido passante e da bitola da válvula. A seleção adequada da válvula garante a eficiência e a segurança do processo evitando falhas que podem causar grandes prejuízos financeiros e ao meio ambiente.

A OMEL oferece varias opções de materiais para os mangotes/diafragmas tubulares, segundo a necessidade da aplicação do cliente. Estão disponíveis conforme disponibilidade de matérias primas no mercado fornecedor: borracha natural, Neoprene, EPDM, Hypalon, Clorobutil, Viton..