Aplicações industriais típicas da bomba de vácuo de anel líquido e principais mercados atendidos

As bombas de vácuo de anel líquido são bombas de deslocamento positivo, que fornecem baixo e médio vácuo para diversos tipos de aplicações em processos dos mais variados segmentos industriais.

Vantagens do uso de bombas de vácuo de anel líquido na indústria

  • São pouco sensíveis à passagem de líquidos, pequenas partículas, resíduos sólidos, impurezas e vapores.
  • Operam a frio ( devido à circulação da água de vedação dentro da bomba ).
  • Operação simples, sem contato entre as peças, oferecem uma opção segura para o manuseio de gases perigosos.
  • Operam de forma constante e contínua em qualquer nível de vácuo.
  • Oferecem uma compressão isotérmica ideal para produtos explosivos e termossensíveis, garantindo um elevado nível de segurança.
  • Podem ser fabricadas com diferentes materiais oferecendo alta resistência à corrosão e alta tolerância a meios contaminantes.
  • Estão disponíveis em modelos de um ou dois estágios para maior capacidade.
  • Podem trabalhar em conjunto com outros tipos de bombas para maior versatilidade de aplicações e sistemas.
  • Podem operar como bombas de vácuo ou como compressores conforme a necessidade e esquema de instalação.
  • Fácil manutenção com poucas peças móveis.

Químicas e Petroquímicas

  • Processos de compressão para manuseio de gases especiais tais como Hélio, Hidrogênio e Argônio.
  • Esvaziamento e secagem a vácuo de cilindros e barris para remoção de água e produtos químicos antes de processos de envase.
  • Fornecimento de ar livre de óleo para pequenos geradores de nitrogênio e oxigênio.
  • Fornecimento de vácuo para retirada de cloro remanescente em vasilhames que serão processados através de soda cáustica para produção de soluções alvejantes.
  • Compressão nos processos de agitação para conservar misturas homogêneas ( sem contaminação da solução com óleo ).
  • Compressor nos processos de pressurização para esvazeamento de tanques de cloro.
  • Compressão e vácuo no enchimento e transferência de fluidos para reatores.
  • Exaustão a vácuo dos recipientes de mistura dos processos de produção de resinas.
  • Desareação a vácuo de soluções cáusticas utilizadas nos processos de fabricação de rayon.
  • Desareação a vácuo de gesso e materiais similares utilizados na fabricação de moldes de injeção.
  • Desareação a vácuo de misturadores e reatores e fornecimento de vácuo para extrusoras utilizados na fabricação de plásticos e sabão.
  • Retirada de ar da cavidade do molde nos processos de injeção ou fundição.
  • Retirada de vapores dos moldes ao término da etapa de cura em processos de fabricação de pneus.
  • Desgaseificação a vácuo de óleos lubrificantes para remoção de SO2, ácido cloridrico e cloro.
  • Envase a vácuo de barris de petróleo.
  • Fornecimento de vácuo para homogeneizadores utilizados na emulsificação de óleos e graxas.
  • Remoção de vapores de tanques de armazenagem de óleo cru ou tanques de destilação.
  • Desareação e secagem de latex e borracha sintética.
  • Decapagem a vácuo de borracha de polibutadieno no processamento de latex.
  • Processos de filtragem na recuperação e reaproveitamento de borracha vulcanizada.

Bebidas

  • Fornecimento de ar comprimido para os processos de agitação do malte e leveduras durante o processo de fermentação.
  • Desareação a vácuo de água de compensação (utilizada para adição nas perdas causadas por evaporação).
  • Destilação a vácuo.
  • Compressor na remoção de CO2 e outros gases resultantes dos processos de fermentação.
  • Compressão e vácuo nos processos de envase.
  • Fornecimento de ar comprimido nos processos de lavagem de vasilhames.
  • Compressão e vácuo nos processos de lavagem de vasilhames após o envase.
  • Fornecimento de vácuo para máquinas e processos de secagem de latas.
  • Vácuo no processo de desaeração de sucos e similares.
  • Filtragem a vácuo de efluentes.
  • Uso de vácuo em evaporadores.

Alimentos

  • Evisceração, desodorização a vácuo e secagem a vácuo na produção de alimentos e refeições prontas para consumo.
  • Fornecimento de ar comprimido para agitação e movimentação durante o processo inicial de cura de queijos e outros produtos similares.
  • Fornecimento de ar comprimido nos processos de aeração de sorvetes e leites.
  • Compressão e vácuo para aplicações em homogeneizadores.
  • Fornecimento de ar comprimido para agitação de produtos armazenados em tanques para garantir consistência.
  • Fornecimento de ar comprimido na limpeza de recipientes na linha de produção de alimentos.
  • Fornecimento de vácuo em esteiras para manter os produtos fixos durante o transporte.
  • Transporte e envase de produtos em pó tais como leite, farinha, café e achocolatados.
  • Desgaseificação no processo de refino de óleos.
  • Fornecimento de vácuo para máquinas automáticas de ordenha.
  • Fornecimento de hidrogênio comprimido nos processos de hidrogenação de óleos comestíveis.
  • Secagem a vácuo de frutas e outros alimentos similares.
  • Processos de embalagem de produtos à vácuo e preenchimento a vácuo de cápsulas e sachês.
  • Fornecimento de ar comprimido para máquinas vaporizadoras de corantes ou chocolate.
  • Vácuo para purga de tanques ao final dos processos.

Têxtil

  • Compressores de acetileno nos processos de fabricação de tecidos sintéticos.
  • Processos de secagem de tecidos a vácuo para remoção de excesso de água.
  • Compressão e vácuo em autoclaves para esterilização de tecidos.

Tratamento de água e efluentes

  • Filtragem e secagem a vácuo de lodo.
  • Compressão nos processos de agitação e dissolução de ar em lodos.
  • Desareação a vácuo para purificação da água e redução da ocorrência de corrosão nos sistemas de distribuição.
  • Compressão nos processos de agitação e dissolução de ar na água para ativar a ação oxidante de bactérias aeróbicas no tratamento de efluentes.
  • Compressão nos processos de remoção de CO2 nos sistemas de tratamento e água.


Tintas e Vernizes

  • Vácuo no processo de desareação do plastisol ( suspensão de partículas de PVC em um plastificante ).
  • Destilação de resinas sintéticas.
  • Processos de secagem a vácuo.
  • Aplicação de spray de laca isento de poeira ou óleo.

Farmacêutico e Cosméticos

  • Aplicações de envase a vácuo.
  • Aplicação de ar ao longo de processos de fermentação para agitação e remoção do CO2.
  • Destilação de óleos.
  • Perfumes e aromatizantes com vácuo.
  • Processos de lavagem de vasilhames com ar comprimido.
  • Destilação a vácuo.
  • Processos de secagem a vácuo.
  • Processos de preenchimento de cápsulas (comprimidos) a vácuo.

Papel e Impressão Gráfica

  • Alimentação de vácuo para dobradoras de papel.
  • Alimentação de vácuo para transportadoras de folhas de papel, guardanapos e outros papéis delicado.
  • Modeladoras de polpa a vácuo para materiais tais como: embalagens para ovos, cones de papel, placas de papel, embalagens para flores, etc.

Cerâmica e Cimento

  • Processos de desareação de argila e outros materiais cerâmicos para melhorar a densidade.
  • Compressor para CO2 e fornos a gás empregados para ativação de lodos na fabricação de cimento.
  • Aplicações de ar comprimido a baixa pressão para processos de agitação.
  • Manuseio de placas de concreto pré-moldado.

Automóveis

  • Preenchimento a vácuo do fluido do sistema de direção hidráulica.
  • Processos de limpeza de gases e óleo do bloco do motor.
  • Fornecimento de vácuo para testes e calibração do sistema de carburação.